Há luz ao fundo do túnel para o imobiliário em Portugal - defendem (e explicam) as consultoras.

Atualizado: Abr 13

Em tempos de incerteza, confiança é palavra de ordem. Consultoras garantem que imobiliário terá força para recuperar.



Analisam o mercado e a economia, fazem contas, definem estratégias, perspetivam tendências, acompanham clientes na angariação, intermediação e conclusão de negócios. Atuam transversalmente em vários segmentos. Somam anos de experiência internacional e tiveram um papel crítico no funcionamento e sucesso do imobiliário nacional, nos últimos anos. São consultoras imobiliárias. E no atual contexto da pandemia global do coronavírus, num momento em que todos os agentes estão à procura de respostas para ajudar a sobreviver e dar a volta à crise, com êxito, o idealista/news decidiu ir consultá-las para saber o que têm a dizer, com base no seu 'expertise'. A grande mensagem, em uníssono, é que há luz ao fundo do túnel e o imobiliário sairá diferente, mas vencedor. E explicam porquê, argumentando e dando também pautas para como ir atuando entretanto. 

Sem se comprometerem com projeções, ou futurologia, traçam um retrato de como se adaptaram internamente à mudança, o que é que estão a fazer e como estão a gerir os seus negócios e equipas, e que expectativas têm para os próximos tempos, sem deixarem de fora as primeiras impressões sobre como estão os clientes a reagir a estes tempos de turbulência. Acreditam que o imobiliário terá estrutura para uma retoma mais rápida, alguns segmentos mais do que outros, e que os investidores continuarão (e estão) de olho no país.

Hoje dias de “guerra”, amanhã dias de glória. Os testemunhos das consultoras mostram que há, efetivamente, um clima de incerteza, dizem, com negócios e investimentos parados, ou prolongados no tempo, como seria de esperar, mas há também operações a ser fechadas. E que o cenário que se vive hoje em dia, apesar de tudo, não deve ser comparado aos anos de 2008/2009 - uma vez que esta se trata, sobretudo, de uma crise provocada por uma emergência sanitária.

As consultoras partilham, de resto, a confiança no papel fundamental que o imobiliário terá na recuperação económica do pós-coronavírus e não têm dúvidas que a capacidade de resiliência, com a tecnologia como grande aliado, ditará o futuro.

Da mediação à promoção imobiliária em Portugal, procurando perceber, pelo meio, de que forma a digitalização é um trunfo em tempos de pandemia, numa altura em que as regras do jogo mudaram inesperadamente. O idealista/news continua assim a ouvir as vozes do setor e, desta vez, quis saber como é que as consultoras imobiliárias estão a fazer frente ao Covid-19.

Desafiámos, assim, cinco consultoras a responderam a estas questões:











12 visualizações

SIGA OS DADOS

  • Facebook
  • Instagram
whatsapp-logo-png-transparent-background

© 2020 por OS DADOS MKT Digital